Radio Antena FM

Radio Antena FM
(Clique na imagem e assista e ouça ao vivo)

Sindicato dos Trabalhadores

Sindicato dos Trabalhadores

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Homem atira na mulher e mata padre dentro de igreja em Tapera, no RSSegundo a Polícia Civil, homem alega motivo passional para o crime. Suspeito atirou contra o padre e, em seguida, atingiu a companheira
G1
Um padre foi morto a tiro e uma mulher foi baleada na manhã desta sexta-feira (22) em Tapera, no Norte do Rio Grande do Sul, dentro da Paróquia Nossa Senhora do Rosário e Pompéia. Conforme a Polícia Civil, o padre Eduardo Pegoraro, de 33 anos, foi atingido pelo marido da mulher.

Testemunhas relataram que o atirador, identificado como Jairo Kolling, também disparou contra a companheira, Patricia Kolling, e depois atirou em direção ao próprio rosto antes de ser preso pela Brigada Militar.

A mulher foi socorrida e encaminhada ao Hospital Roque Gonzalez, mas acabou transferida ao município de Passo Fundo. O suspeito não corre risco de morte, está sob custódia da polícia e também foi transferido a Passo Fundo. O casal mora em Selbach, na mesma região.

O delegado Marino Franceschi, que investiga o caso, conta que testemunhas relataram que Jairo entrou na igreja e pediu para conversar com o religioso e a mulher. Os três teriam ido a uma sala na casa paroquial ao lado da igreja, onde ocorreu o crime. A suspeita é de que a motivação seja passional.

"O atirador alega motivo passional. Mas ainda não confirmamos essa informação. Ele não consegue falar, mas contou através de gestos. A situação é que os dois estavam na igreja, e ele foi até lá pediu para conversar. Entraram numa sala, que ele trancou. Em seguida, teria atirado", relatou o delegado.

Ainda segundo Franceschi, a comunidade local está chocada com o crime. A igreja foi isolada para a realização de perícia e muitos curiosos cercaram o local. "Ele era muito querido aqui. É uma tragédia. Há muita comoção", acrescentou o delegado.

O padre nasceu na comunidade de Vista Alegre, em Tapejara, e foi seminarista em Passo Fundo, também no Norte do estado. Jairo é empresário em Selbach, enquanto Patrícia é é professora de uma escola estadual. Ela também dá aulas de violão na paróquia.

Acusado de matar irmão é preso com maconha em Quebrangulo

Todo Segundo/CortesiaSuspeito é acusado de matar o próprio irmão
Suspeito é acusado de matar o próprio irmão
Um jovem de 21 anos foi preso por tráfico de drogas na tarde desta quinta-feira (21), em Quebrangulo. Segundo a Polícia Militar, Carlos Eduardo Alves dos Santos, é acusado de matar seu próprio irmão a golpes de facão, crime ocorrido em 2010, no município de Boca da Mata.
De acordo com informações do Grupamento de Polícia Militar (GPM) local, “Pitoco”, como é conhecido foi flagrado em uma Praça Pública, no centro da cidade, com uma certa quantidade de maconha, além de duas munições intactas de revolver calibre 38.
Os militares chegaram até Pitoco, após denúncias de populares. Após receber voz de prisão, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Regional de Palmeira dos Índios, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e está preso à disposição da Justiça.
Todo Segundo/CortesiaMaterial apreendido com o acusado
Material apreendido com o acusado
Fonte: Todo Segundo

Vítima coloca faixa em avenida e pede: “senhor ladrão, devolva minha moto”

Davidson Ferreira/DivulgaçãoJovem fez apelo ao ladrão
Jovem fez apelo ao ladrão
Com o objetivo de chamar a atenção das autoridades e alertar a população, uma mulher que teve sua motocicleta roubada no último dia 15, colocou uma faixa na Avenida Raja Gabaglia, próximo ao Hospital Madre Teresa, nesta quinta-feira, em que faz um apelo para recuperar o veículo, que ela ainda nem terminou de pagar.
A vítima, Karen Luana, diz que começou a trabalhar no Bairro Gutierrez, Região Oeste de Belo Horizonte, há cerca de duas semanas. Como faz faculdade a noite, a jovem sempre deixava sua moto estacionada próximo ao hospital, porém, na última sexta-feira, não a encontrou mais.
“Fui ao Detran para fazer o boletim de ocorrência e o policial me disse que as estatísticas de recuperação de motocicletas são de menos (-)30% e que eu estava querendo ser roubada por ter comprado uma nova”, disse a recepcionista.
Deste modo, Karen tomou uma atitude com o objetivo de chamar a atenção para o problema. Na faixa, ela escreveu “Senhor ladrão, pelo amor de Deus, devolva a minha moto . . . Eu ainda estou pagando por ela”. Ainda conforme a vítima, o número de roubos ao longo da Avenida Raja Gabaglia vem assustando moradores e comerciantes.
Fonte: Estado de Minas/Diário de Pernambuco

Passageiro fica pelado em aeroporto após se irritar com voo lotado

 

Reprodução/Facebookpassageiro
Um passageiro decidiu tirar a roupa no aeroporto de Charlotte, na Carolina do Norte (Estados Unidos), após ficar furioso porque um voo estava lotado.
Segundo testemunhas, ele tentava embarcar em um voo da companhia US Airways para a Jamaica. ”O homem parecia muito irritado e estava gritando”, disse uma das passageiras que presenciou a cena.
Também de acordo com pessoas que estavam no local, ele ficou nu por quase uma hora.
O homem – que não foi identificado –foi levado ao hospital e não enfrentará acusações pelo o ocorrido.
Fonte: IG

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Explosão de fogos de artifício causada por esquadrão antibomba destrói casa em Inhapi

Explosivos tinham sido apreendidos em operação realizada para fechar fábricas clandestinas de fogos de artifício em AL
Por Jota Silva
Uma residência, localizada no Sítio Melancia, zona rural de Inhapi, foi destruída por uma explosão, provocada por policiais do Esquadrão Antibomba do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), durante uma operação desencadeada nesta quarta-feira (20) para fechar fábricas clandestinas de fogos de artifício.
O sinistro aconteceu no momento em que militares do esquadrão atearam fogo em vários explosivos que tinham sido apreendidos em uma casa de fogos irregular que é de propriedade de Maria Pereira Souza, dona e moradora do imóvel que foi atingido.
A cobertura de gesso de todos os cômodos da residência desabou com a força da explosão, danificando móveis e eletrodomésticos. Paredes externas e internas ficaram com rachaduras, portas e janelas de vidros foram destruídas. Três pessoas, entre elas duas crianças, estavam dentro da casa no momento do ocorrido, mas ninguém se feriu.
Segundo o agricultor Luiz Pereira Souza, irmão da dona da casa, os policiais levaram uma grande quantidade de fogos aprendidos na fábrica da irmã até uma barragem vazia, localizada a cerca de 50 metros da moradia e colocaram fogo. Conforme o homem, a explosão foi tão forte que pôde ser ouvida a mais de um quilômetro de distância.
Ainda de acordo com Luiz, a equipe do esquadrão antibombas é culpada pelo estrago na residência da irmã. Ele diz que os militares agiram de maneira irresponsável ao tentar se desfazer dos fogos em umlocal muito próximo da casa. “Poderia ter acontecido uma tragédia se a casa tivesse desabado. Duas crianças e mais uma pessoa poderiam ter morrido”, disse.
A reportagem apurou que a grande quantidade de fogos de artifício, pólvoras e outros explosivos apreendidos na operação foram detonados nos municípios em que foram encontrados, já que o transporte do material ofereceria risco de acidente.
No caso de Inhapi, depois do dano provocado na residência, os militares do Antibomba levaram o restante dos explosivos apreendidos para o terreno de um lixão, situado a mais de dois quilômetros da cidade, onde todo o material foi destruído durante a noite.
A operação
Denominada Hefesto, que na mitologia grega é o nome do Deus do Fogo, a operação para fechar fábricas clandestinas de fogos de artifício foi desencadeada na manhã desta quarta-feira (20) em sete cidades alagoanas, entre elas Água Branca, Inhapi e Mata Grande.
Em Água Branca, foi encontrada uma casa de fogos que funcionava ao lado de uma creche municipal. Três pessoas da mesma família que seriam proprietárias do estabelecimento clandestino foram detidas. Outras duas fábricas com irregularidades foram localizadas no município de Inhapi, onde os donos também foram detidos para prestarem esclarecimentos.
A operação foi planejada após o incidente ocorrido em março deste ano, na zona rural de Ibateguara, onde um homem morreu e um adolescente ficou gravemente ferido depois da explosão de uma casa de fogos.  O objetivo da ação que contou com a participação de cerca de 200 policiais foi reprimir a produção irregular de fogos de artifício, ainda mais nesse período que antecede os festejos juninos, para que não haja novas vítimas.

MAIS FOTOS

  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão
  • Cortesia/Central do Sertão
  •  
  • Cortesia/Central do Sertão

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Mãe tenta sufocar filha com fralda e manda vídeo para ex-namorado

19/05/2015 17:21"O vídeo deixou toda a cidade apavorada", disse o delegado responsável pelo caso.Mãe tenta sufocar filha com fralda e manda vídeo para ex-namorado
Uma jovem de 18 anos está sendo procurada após tentar sufocar a própria filha, de apenas seis meses, usando uma fralda. O caso aconteceu Uruçuí, cidade na região sul do Piauí. Segundo informações da Polícia Civil, a suspeita foi denunciada após gravar um vídeo e enviar para o pai da bebê.
Na imagem é possível ver que a pessoa usa uma fralda de pano e pressiona contra o rosto da criança por alguns segundos. A bebê tenta segurar no braço da pessoa, como se quisesse se defender e, quando a fralda é retirada, a menina chora.
O pai da criança ficou revoltado com a situação e compartilhou o vídeo e algumas imagens de uma conversa que teve com a ex-mulher no aplicativo WhatsApp. A polícia só tomou conhecimento do caso na segunda-feira (18) após repercussão do material.
"O vídeo deixou toda a cidade apavorada e ao receber as imagens iniciamos diligências para capturá-la. Chegamos a ir no salão de beleza onde ela trabalhava, mas fomos informados que a jovem tinha se mudado. Então procuramos as suas amigas para pegar o seu contato e conseguimos falar com a suspeita", relatou Jarbas Lima, delegado responsável pelo caso, ao site.
O titular afirmou que a jovem fez a gravação na tentativa de pressionar o ex-namorado a reatar o relacionamento. Em depoimento, a mãe da criança confirmou ter feito o vídeo para atingir o ex, mas disse que tudo não passava de uma brincadeira.
Mãe tenta sufocar filha com fralda e manda vídeo para ex-namorado
A jovem disse que a gravação foi feita no domingo (17) no estado do Maranhão, mas não revelou a cidade estava. De acordo com Jarbas Lima, a jovem não mostrou arrependimento. "Perguntei se ela tinha noção da gravidade, mas a jovem alegou ter sido brincadeira". 
"A mãe da criança também não quis revelar onde estava, mas temos a informação de que esteja na cidade de São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão. Como o vídeo foi gravado lá, acionei o delegado de Balsas, cidade próxima, para iniciar as buscas. Independente de ser brincadeira, o que ela fez é crime", explicou Jarbas.
Em um trecho da conversa que os pais da criança tiveram pelo WhatsApp, a jovem diz que a bebê a "atrapalha em tudo". Em resposta, o rapaz fala que a mãe vai pagar por todo mal que fez.
O pai da criança ainda não foi localizado pela polícia. A jovem pode responder por tentativa de homicídio e maus tratos, além de perder a guarda da filha.




Fonte: Correio 24 h 
Crédito Foto: Divulgação/Polícia Civil

Idosa é amarrada por assaltantes que diziam ser funcionários da Casal

Criminosos procuravam um cofre; sem encontrá-lo, fugiram levando um celular
Por Karine Amorim
Uma idosa de 73 anos foi amarrada por criminosos armados durante um assalto a sua residência, situada na Rua Estudante Luiz Carlos de Aguiar Barbosa, no bairro Eldorado, em Arapiraca, nessa terça-feira (19).
À polícia, a idosa, Maria José, de 73 anos, contou que estava em casa quando chegaram dois indivíduos, que se identificaram como funcionários da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), e logo anunciaram o assalto.
Na ação, um dos criminosos amarrou a vítima enquanto o outro estava à procura do cofre que estaria no quarto da vítima. Não o encontrando, a dupla fugiu levando um celular.
Policiais do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) estiveram no local, realizaram rondas em ruas próximas à residência, mas nenhum suspeito foi localizado.